Siga-nos no Instagram e acompanhe em tempo real @viaje24h 

MENU

Playa Blanca e Isla Baru (Colômbia 04)

14.09.2015

Se você estiver procurando pelas águas azuis do mar do caribe, terá que pegar uma barco no porto de Cartagena. A Playa Blanca é super procurada por seu visual incrível e sabendo disso, em meu primeiro dia em Cartagena, já fui providenciar os tickets pra passar o dia lá.

 

Como eu estava no Centro Histórico deu pra fazer tudo a pé. Procure a Torre do Relógio e depois é só atravessar a avenida.

Antes de chegar ao porto, encontrei vários vendedores oferecendo pacotes e meu primeiro erro foi comprar de um deles. Paguei 50% do valor antecipado e no dia seguinte quando cheguei ao guichê as atendentes da empresa me trataram muito mal. Falaram que o valor estava errado e só depois de muita conversa consegui resolver a situação sem ter que pagar um valor extra.

 

 

Há duas opções de transporte: lancha rápida ou barco. A lancha demora em torno de 40 minutos e o barco 2 horas.

Se você for de lancha rápida sente na última fila! Eu fiquei na primeira fila e sacudiu muito, a impressão que dá é que o negócio vai virar a qualquer momento, sem falar nas pessoas que passaram mal.

 

 

Para crianças e pessoas idosas não acho essa opção viável. Melhor ir de barco ouvindo uma “musiquinha”, pois ele vai devagarzinho e parece tudo muito calmo! Fora isso, quando cheguei em Playa Blanca e vi aquele visual, esqueci tudo que tinha acontecido no trajeto! Simplesmente fantástico! Que água mais azul!

 

 

Ficamos algumas horas e seguimos até Isla Baru para almoçar e retornar a Cartagena.

Quando nossa lancha chegou ao trapiche, havia vários nativos nos esperando com um boné amarelo. Cada um deles acompanhava uma família ou como no meu caso, um casal. Muito gentil, nosso amigo de boné amarelo nos levou ao restaurante e assim que chegamos dei a ele uma gorjeta de 8 reais.

 

 

Depois de almoçar, ele continuou a nos fazer companhia, seguimos caminhando pela ilha que é maravilhosa e cheia de histórias, tudo perfeito até chegarmos ao trapiche.

 

 

Na despedida o cara pediu uma gorjeta de 80 reais! Começou a falar que estava com dificuldades e fazer chantagem emocional. Nós não pedimos por um guia, ele podia ter oferecido seus serviços na chegada pelo valor que bem entendesse. Cabia  a gente aceitar ou não. Para ter uma ideia, o passeio todo custou 60 reais e ele queria uma gorjeta de 80. Fomos para lancha, mas ele ficou insistindo e chamando pela gente. Isso aconteceu com todo mundo! Alguns até pagaram, mas eu me recusei totalmente! Eles fazem tudo de caso pensado, então, tenha cuidado! Apesar desses contratempos, o passeio valeu muito a pena!

 

 

No outro dia compramos novamente tickets, direto no porto, para passar o dia todo em Playa Blanca. E apesar da experiência ruim, fomos de lancha rápida novamente (risos). Pelo menos chegou bem rapidinho e sentamos na última fila!

O dia foi ótimo, descansamos e tomamos muito banho naquele marzão azul! A bebida lá é super barata e o prato principal é arroz com coco, peixe e salada, que eles chamam de “Pescado”.

 

 

Em Playa Blanca há várias tendas com redes que você pode passar a noite, tudo bem roots! Achei o máximo e só não passei a noite lá por não saber dessa opção antes da viagem, além de já estar com hotel pago em Cartagena. Se você optar por passar a noite, não leve muita bagagem.

 

 

 

 

Please reload