Siga-nos no Instagram e acompanhe em tempo real @viaje24h 

MENU

9 motivos para conhecer Punta Del Este (Uruguai 05)

29.06.2017

 

Depois de passar Cabo Polônio seguimos pelo litoral uruguaio até chegar a Punta del Este, onde passamos o Réveillon.
Ficamos bem pertinho de um dos principais pontos turísticos da cidade, a escultura chamada "La Mano". Chegamos ao fim do dia e fomos caminhar pelos lugares próximos. O dia estava lindo e a cidade não deixa por menos! 

Punta del Este é uma bela cidade voltada totalmente ao turismo. As praias e paisagens são maravilhosas e é isso que eu acho que deve ser explorado por lá. Existe uma infinidade de lojas e restaurantes, a maioria cheias de glamour. No meu caso sempre optei por tudo mais barato e mesmo assim não era nada tão barato! Como também era alta temporada com certeza tudo estava mais valorizado. De qualquer maneira, uma cidade imperdível do Uruguai!

A partir de agora vou listar pra vocês os programas e passeios imperdíveis da cidade:

 

1- Escultura “La Mano” ou “Los Dedos”

Foi criada pelo artista chileno Mario Irarrázaba em 1982. Na época o artista participava de um concurso de esculturas ao ar livre. O evento estava acontecendo em uma praça pública e como era o mais jovem não conseguiu um lugar para fazer seu trabalho. Assim decidiu usar as areias da Praia Brava e por conta de seu talento e rapidez conseguiu notoriedade. Sua obra foi literalmente concretizada e virou um importante ponto turístico da cidade.

 

2 - Playa Mansa

Outra praia imperdível em Punta del Este é a Playa Mansa! As águas são literalmente mansas e azuis! Mas manso mesmo só o mar! A praia é super movimentada com as melhores baladas da temporada.

 

3 - Caminhar pela Rambla General José Artigas

É a Rambla do Porto! O visual é lindo, ainda mais com aqueles barcos na água! Não tem como não se encantar! O entardecer é maravilhoso, vale a pena conferir.

 

4 - Caminhar pela Avenida Gorlero

É a avenida principal do centro da cidade, muitos restaurantes, lojas e movimento de pessoas!

 

5 - Museo Del Mar

Fica em La Barra e tem muita coisa legal! Diversos exemplares marinhos, salas com recordações, coleções, etc! É cobrada entrada.

 

6 - Farol e Catedral da Candelária

Os dois ficam na mesma quadra, separados apenas por uma pracinha. A região é residencial e super tranquila! A Catedral de "Nuestra Señora de la Candelaria" é a padroeira da cidade. 

 

7 - Ilha dos Lobos

Para conhecer a Ilha dos Lobos não tem mistério. É só ir até o Porto de Punta Del Este, comprar o ticket e embarcar. São dois horários por dia e não precisa fazer reserva. O valor do passeio é em torno de U$40. Não achei barato, mas valeu a pena!
As fotos são dos momentos antes de embarcar:

 

O trajeto do porto de Punta até a Ilha dos Lobos dura em torno de 40 minutos, mas não é permitido desembarcar na ilha. O barco aproxima o máximo possível dos lobos e conseguimos vê-los bem pertinho! Como vocês podem ver pelas fotos a quantidade de lobos é absurda!

 

 

Eles emitem um som super estranho, achei muito curioso! Até fiz um vídeo pra mostrar pra vocês. É permitido nadar com eles, mas mesmo no verão a água é um gelo! Sem falar que eles têm um cheirão bem forte! É muito legal ficar observando o comportamento dos lobos, vale muito a pena o passeio!

 

8 - Porto de Punta Del Este

O Porto de Punta é charmoso e bonito, além de ser ponto de partida pra Ilha dos Lobos, tem vários restaurantes e locais pra comprar frutos do mar. O visual é lindo! Sem falar que os vendedores têm até um lobo gigante de estimação! Vale a pena almoçar um dia por lá!

 

 

9 - Punta Ballena e Casapueblo

Ponto alto da minha viagem ao Uruguai! Quando cheguei a Punta del Este uma das primeiras coisas que me falaram foi: "Assistir ao pôr do sol em Punta Ballena é obrigatório". 
Tivemos sorte de pegar dias perfeitos e numa tarde saímos de Punta del Este e fomos até lá, são apenas 15 km. A Casapueblo é composta de museu, galeria de arte e hotel. Nós acessamos o bar e restaurante do hotel, ficamos curtindo a paisagem e esperando o espetáculo! Antes de entrar é preciso pagar uma consumação mínima e o acesso ao museu também é pago. Acredite, vale cada centavo e cada minuto!

O visual é incrível de todas as maneiras! Quando chegamos ainda era dia, então pedimos uma bebida e ficamos curtindo o momento. Uma dica é experimentar a bebida típica chamada clericot. É composta de vinho branco, espumante e frutas, é super refrescante e era o que a maioria estava bebendo.

 

 Quanto mais o Sol se punha mais eu ficava impressionada com tamanha beleza:

 

 Dá uma olhadinha neste vídeo:

Abaixo está a última foto tirada por mim quando já estávamos indo embora, o Sol já havia partido mas a vista ainda estava surreal!

E foi assim que esperamos o entardecer e presenciamos um pôr do sol incrível! Depois de tudo isso seguimos para a capital Montevidéu! A viagem continua!

 

 

Please reload