Siga-nos no Instagram e acompanhe em tempo real @viaje24h 

MENU

O melhor de Buenos Aires: 22 atrações imperdíveis

04.06.2019

Buenos Aires é uma capital incrível, cheia de vida, com milhares de bares, restaurantes e muita comida boa! A cidade deixa a gente com vontade de voltar e até de morar!

 

Como chegar:

A viagem foi feita de carro e antes de ir a Argentina eu estava em Uruguai. Fui a Colônia do Sacramento e peguei uma balsa até Buenos Aires. Se for de avião, o aeroporto é bem próximo ao centro da cidade. Não tem mistério e não vai gastar muito com táxi ou Uber.

 

Hospedagem:

Fiquei hospedada no famoso Bairro da Recoleta, há muitos hotéis com preços justos e o bairro é bem localizado. Consegui visitar muitos lugares a pé. Veja algumas sugestões de hospedagem aqui.

Buenos Aires possui uma vida noturna agitadíssima! O bairro “nightlife” de referência é o Palermo. Hospedar-se por lá também não é nada mal! Veja mais opções aqui!

 

Como locomover-se:

Deixei o carro quietinho na garagem e só usei Uber. O transito é muito movimentado e não vale a pena correr o risco de se incomodar. Usei muito também os ônibus turísticos hop on hop off. Para mim é sempre uma ótima opção. Acho o áudio guia muito instrutivo e eu sempre acabo conhecendo algum lugar diferente daqueles que planejei.

 

 

Passei 5 dias na capital da Argentina e vou mostrar aqui todos os lugares que visitei:

 

1 - Casa Rosada

É a sede da presidência da Argentina.  Sua cor foi determinada pela junção das cores branca e vermelha, que representavam os partidos da época. Rola também uma lenda de que o palácio foi pintado com sangue de alguns animais. E agora? Nunca saberemos a versão verídica!

 

 

2 - Avenida 9 de Julho

Andei por ela todos os dias que passei em Buenos Aires. É considerada uma das avenidas mais largas do mundo e concentra vários pontos turísticos como o Teatro Colón e a Praça da República onde estão o Obelisco e o letreiro com as letras B e A.

 

3 - Obelisco

Recomendo caminhar pela fantástica Avenida 9 de Julho sem pressa até chegar ao Obelisco. O lugar é bom para descansar e tirar algumas fotos para registro!

 

4 - Teatro Colón

Fui visitar o teatro em meu último dia na capital. Infelizmente os ingressos já tinham se esgotado, e só havia disponibilidade para o dia seguinte. O valor da entrada custa em torno de 800 pesos. Não achei barato, mas gostaria de ter conhecido um dos teatros mais importantes do mundo. Fica pra a próxima!

 

5 - Cemitério Recoleta

Um dos lugares mais visitados de Buenos Aires e um dos cemitérios mais visitados do mundo. Grandes nomes da história argentina estão sepultados ali, a visita é uma grande aula de história! O que mais chama atenção são as lápides e túmulos luxuosos, é de cair o queixo!

 

 

 

6 - Plaza Francia

Pertinho do Cemitério da Recoleta, a praça possui um monumento imponente em sua parte central chamado "Francia a la Argentina". Vi muitos cachorrinhos passeando, inclusive a praça tem muitas placas de sinalização voltada para os dogs. Deve ser uma prática bem comum. 

Aos fins de semana ocorre uma feira de artesanato muito famosa da cidade, infelizmente não bateu com os dias que estive lá.

 

 

7- Floralis Generica

A escultura metálica em forma de flor passa de 20 metros de altura e é muito procurada pelos turistas. O mais legal é que a flor possui um sistema elétrico que abre e fecha as pétalas ao início e fim do dia.

Fica no bairro Recoleta e foi um presente do arquiteto argentino Eduardo Catalano à cidade de Buenos Aires.

Ao seu redor está o Museu Nacional de Belas Artes e Faculdade de Direito de Buenos Aires.

 

8 -  Bairro San Telmo

Fui até lá para visitar o bar mais antigo de B.A, chamado El Federal. Depois de caminhar pelo bairro descobri que ele é repleto de bares e restaurantes para todos os gostos! Fiquei surpresa! A vontade era entrar em todos!

Minha sugestão é entrar em todos bares e restaurantes que conseguir, além de andar sossegadamente pelo bairro.

Não deixe também de conhecer o Mercado San Telmo, outro lugar simpático cheio de lugares para comer e beber!

 

9 - Mafalda

Ainda em San Telmo está a estátua da famosa personagem Mafalda, criada pelo cartunista argentino Quino, onde morou por muitos anos. A personagem é conhecida no mundo todo e em Buenos Aires encontra-se todos tipos de souvenir e acessórios dela.

 

 

10 - Bar El Federal

O bar mais antigo de B.A, localiza-se no coração de San Telmo na esquina das Ruas Perú e Carlos Calvo.

Em funcionamento desde 1864, os móveis e decoração são fiéis ao seu início. A comida é de alta qualidade e as bebidas baratas! Pode almoçar, tomar cerveja ou tomar um bom café com bolo! Vale a pena a visita!

 

 

11 – Rua Florida

É o lugar certo para trocar dinheiro. A rua, que é somente para pedestres, é cheia de casas de câmbio e de forte comércio. Achei muito agradável caminhar e assistir ao movimento das pessoas, a rua é muito bonita e simpática.

 

12 - Galeria Pacífico

Virou ponto turístico de Buenos Aires, mas não passa de um shopping comum. Muitas lojas conceituadas que se pode encontrar em qualquer outro lugar. Sinceramente, acredito que fiquei no máximo 20 minutos lá dentro.

Shopping para mim não é ponto turístico (risos).

 

13 – Avenida Santa Fé

É a avenida mais emblemática de Buenos Aires, com mais de dois quilômetros, atravessa os bairros de Palermo, Recoleta, San Nicolás e Retiro. Representa o forte comércio de Buenos Aires, com lojas das melhores marcas de roupas, acessórios, decoração e muito mais. Foi caminhando por ela que descobri a Galeria Bond Street e também é nela que fica a livraria El Ateneo Grand Splendid.

 

14 – El Ateneo Grand Splendid

Livraria considerada uma das mais bonitas do mundo! Fica na Avenida Santa Fé e originalmente funcionava um teatro de mesmo nome. É como se a gente estivesse num teatro cheio de prateleiras de livros. Minha dica é visitar o local sem pressa. Vale a pena apreciar tudo com calma e ainda aproveitar a cafeteria pra fazer um lanchinho e tomar um café entre uma leitura e outra.

 

15 - Galeria Bond Street

Confesso que não sabia que existia até passar pela frente. Claro que entrei na hora. Fica na Avenida Santa Fé, no Bairro Recoleta onde fiquei hospedada. Quando me deparei com a galeria estava voltando para o hotel.

Lembra muito a Galeria do Rock em São Paulo.

Impossível não ficar impressionado com os desenhos e as cores do local. Existem diversos estúdios de tatuagem com fotos nas paredes de celebridades como Messi e Maradona. Depois fui saber que ali ficam estúdios super famosos!

Muitas lojas de músicas e roupas alternativas também, sem falar numa loja de cultivo de maconha! Isso mesmo!

Com certeza o local mais alternativo de Buenos Aires!

 

16 - La Boca

Um dos lugares mais legais que visitei em Buenos Aires. O bairro é localizado próximo ao porto e caracteriza-se por suas casas e sobrados coloridos. A explicação da mistura de cores é pelo fato dos imigrantes na época usarem as tintas que sobravam dos navios.

 

 

 

 

 

 

É o lugar mais alto astral da capital da Argentina, porém enquanto eu caminhava pelas ruas, muitas pessoas pediam pra tomar cuidado com o celular e bolsa. Acredito que seja considerado um bairro perigoso, mas eu me senti muito bem por lá! Claro que sempre é bom ficar atento ao seu redor. Cuidado nunca é demais.

É neste bairro que está a famosa Rua Caminito e o Estádio La Bombonera, do Boca Junior!

 

17 - La Bombonera

É o carinhoso apelido do Estádio Estádio Alberto J. Armando, time do Clube Atlético Boca Junior. Ele fica no coração do bairro e o povo é viciado no time! O clube acabou se tornando o símbolo dos operários ou da população com menor poder aquisitivo. Já seu pior rival River Plate, representa os portenhos abastados. Possui a maior torcida da Argentina, inclusive nosso hermano Maradona tem uma cadeira especial só dele dentro do estádio.

 

Curiosidade: Vocês perceberam que as cores do time são as mesmas da bandeira da Suécia?

Para decidir quais as cores do time, os moradores da época combinaram de esperar o próximo navio chegar ao porto e sua origem determinaria as cores. Foi um navio da Suécia.

 

18 - Caminito

É uma rua histórica dentro do Bairro La Boca. Inspirou o tango Caminito, de Juan de Dios Filiberto e por isso nós encontramos diversos dançarinos de tango, vestidos a caráter. Eles chamam os turistas para dançar e fazer poses legais para fotos. Eu não tirei foto com eles, mas se você for tirar, não esqueça da gorjeta. Hoje a rua é cenário de eventos culturais e artísticos.

 

19 - Puerto Madero

É a região mais moderna de Buenos Aires. Possui grandes prédios espelhados onde funcionam inúmeras multinacionais. Posso dizer que se tornou o Vale do Silício da Argentina!

O bairro, de origem portuária, é na verdade uma ilha que está interligada ao continente por seis pontes. Possui deques enormes com diversos cafés, restaurantes e baladas. Ótimo lugar para caminhar e curtir o entardecer!

 

20 - Gran Café Tortoni

A simplicidade é uma benção!

Hoje em dia a gente vê tanto lugar inventando moda, tentando gourmetizar as comidas, que nada presta.

Aí a gente entra num café de mais de 150 anos, berço cultural e artístico de Buenos Aires, e encontra comida simples, como pão, queijo e presunto com café. Tudo muito saboroso e sem perder a tradição e originalidade! É de tirar o chapéu.

Apesar das filas de espera de quase 1 hora, vale a pena conhecer.

 

21 - Jardim Japonês de Buenos Aires

Localiza-se no Bairro Palermo, em direção a parte norte da cidade. O jardim é enorme e possui também um restaurante e museu. Foi um passeio legal, mas nada impressionante. Para entrar precisa pagar uma taxa de aproximadamente 150 pesos.

 

22 - Costanera Norte

Fiquei com vontade conhecer, pois vi em fotos o Clube dos Pescadores. Possui um trapiche enorme e achei lindo. Paguei caro num táxi para chegar até lá e descobri que o trapiche é fechado para visitantes.

O que salvou o passeio foi caminhar um pouco pela orla e observar as pessoas pescando, relaxando e aproveitando o dia. É uma região frequentada por locais.

 

Ainda não acabou! Veja mais sobre Buenos Aires aqui:

Buenos Aires 2019: dicas de bares, restaurantes e baladas!

Bares secretos: Os famosos bares speakeasy de Buenos Aires

 

 

Please reload