Siga-nos no Instagram e acompanhe em tempo real @viaje24h 

MENU

Aruba: Curiosidades e roteiro de 1 dia

09.02.2020

Quando resolvi fazer uma viagem em que Aruba estava no roteiro, tratei logo de tentar entender a história local. A dúvida maior era se a ilha era realmente um país.
Até 1986 Aruba fazia parte das Antilhas Holandesas e, a partir de então, tornou-se um país integrante do Reino dos Países Baixos. Ou seja, os habitantes que nasceram antes desta data tinham cidadania européia.
A influência holandesa está em todo lugar, principalmente na arquitetura. Os prédios são tão fofos que até parece de mentira, tipo set de filmagem! (risos)

 

 

A ilha tem um slogan: Aruba, One Happy Island!

Encontrei muitos turistas oriundos dos Países Baixos (Europa) prestigiando a ilha, então acredito que seja um destino de praia e sol muito cobiçado por eles. Não é pra menos, pois a ilha é fantástica! As ruas são limpíssimas e tudo é lindo de se ver.
A ilha fica a 30km da costa da Venezuela e possui uma refinaria de petróleo. Também faz parte da economia o turismo, exportação de aloé e operações financeiras offshore.

Por essas e outras a capital Oranjestad é completamente elitizada. Apesar da arquitetura aconchegante e colorida, as lojas são das melhores marcas mundiais como Rolex, marcas de roupas de alta costura, jóias, etc. Mas não desanime: se seu objetivo é fazer umas comprinhas, é só caminhar que sempre aparece uma loja mais acessível, mas nada de outlet. Se objetivo é comprar barato, esqueça. Este não é o lugar.
Apesar da moeda ser o Florim de Aruba, tudo pode ser pago em dólar. Entramos num bar pra tomar um drink e saiu mais de 20 dólares. Com o dólar ultrapassando quatro reais, fica complicado! Por isso prepare bem seu bolso.

 

 

Vamos falar de praia!
Em Aruba conheci a Palm Island, uma ilha privada a trinta minutos do centro da capital Orangestad. Pegamos um ônibus e depois um barco rápido pra chegar até lá.

 

 

 

A ilha possui restaurantes, snorkeling, águas cristalinas, praia e Flamingos. Eu queria muito ver os Flamingos de pertinho!
Quando cheguei a ilha foi a primeira coisa que fiz. Lá estavam eles todos encolhidos, pois ainda estavam dormindo.
Fui umas três vezes pra ficar apreciando os bichinhos. Até que, na última vez, conversei com o guarda que ficava cuidando do local.

 

 

 

 

Agora vem a parte que me deixou triste.
Comecei a perceber que os Flamingos não saiam muito do local, ficavam sempre na mesma praia, não voavam. Depois de questionar o guarda, ele me falou que eles tinham as asas cortadas pra não sair dali. Fiquei chocada. Eles recebem alimentos, tem uma praia bem bonita pra ficar, mas cortar as asas? Morri de pena.
A verdade é que assim como eu, muitos turistas devem fazer o passeio só pra ver os Flamingos. É uma propaganda para atrair turistas. Provavelmente por isso eles cortam as asas, assim eles nunca deixam a Ilha.
Foi legal ver os Flamingos de pertinho, mas eles pagam um preço alto. Preferia que eles tivessem liberdade, mesmo que não conseguisse vê-los. Acredito que muitos turistas nem percebem isso, mas é a dura realidade.
Depois de algumas horas na Ilha, retornamos a Oranjestad e passamos mais algumas horas curtindo o centrinho ao final do dia.

 

Você precisa ter para viajar a Aruba:

Aruba exige certificado internacional de vacinação contra febre amarela, então não esqueça de levar com você. 

O seguro viagem é imprescindível. Não dá pra correr o risco de ficar na mão numa emergência, sem falar nos valores altíssimos que são cobrados no exterior. Depois de muitas experiências, conclui que a Seguros Promo tem a maior cobertura com o melhor custo benefício. Compre seu seguro aqui e use o código VIAJE24H pra ganhar desconto.

Para finalizar, nada melhor do que um vídeo bem legal da minha passagem por Aruba, espero que gostem: 

 

 

 

Please reload