Siga-nos no Instagram e acompanhe em tempo real @viaje24h 

MENU

RUTA 7 E RUTA 60 - Mendoza até Santiago de carro atravessando a Cordilheira dos Andes

07.10.2019

 

Confesso que fiquei extasiada e emocionada com o caminho de Mendoza até Santiago do Chile! Definitivamente o Chile é um país para conhecer por terra. A viagem começou com chuva e chegou a fazer 5 graus. Passados alguns quilômetros as nuvens ficaram para trás e o espetáculo começou! Muito frio e vento com paisagens fantásticas! No decorrer das horas a temperatura aumentou. Levamos 8h pra chegar e nem sentimos!
Saímos de Mendoza às 6h com chuva e o céu bem cinza. No dia anterior providenciamos o seguro obrigatório chamado SOAPEX, aqui você pode imprimir a guia para pagar, o valor não ultrapassa U$15 e é proporcional aos dias que você vai ficar no país.

 

 

 

 

A distância de Mendoza até Santiago é de 360 quilômetros, mas o caminho é lento. Eu queria parar a todo momento para tirar fotos! Ao início parecia que a viagem seria toda com chuva, eu até já estava conformada com a ideia. Porém uma coisa é certa, nada como a Cordilheira dos Andes para deixar as nuvens para trás. Depois de alguns quilômetros as nuvens desapareceram e só restou um céu azul lindão! Sem exageros, eu não acreditava no que meus olhos estavam vendo!

 

 

 

Ah, não posso esquecer de falar que rodovias são ótimas! Depois de algumas paradas na beira da estrada para fotos, chegamos ao Aconcágua. A entrada do parque fica às margens da rodovia. Não tem como não achar.
Muitas pessoas estavam chegando para praticar hiking ou talvez trekking no Monte Aconcágua. Nós ficamos apenas aos seus pés, pois logo seguimos viagem. A vista é absurdamente fantástica. Em pleno verão o vento cortava a alma, eu fiquei imaginando com não deve ser no inverno.

 

 

Seguimos adiante até atravessar o túnel Cristo Redentor. Possui 3080m e a divisa entre Argentina e Chile fica bem no meio dele. Muitos carros e caminhões comemoravam a passagem com bagunça e buzina. Alguns quilômetros depois já estávamos na aduana de Paso Internacional Los Libertadores.

Recebi muitas perguntas sobre como funciona, a verdade é que a aduana do Chile tem a fama de ser bem rigorosa.O tempo de espera não tem como responder exatamente. Nós gastamos 1:30h pois havia uma fila considerável de carro.
Depois de carimbar os passaportes o carro é totalmente revistado. Em outras fronteiras normalmente isto não acontece, mas eu achei super tranquilo. Só demora um pouco mais.
Na fronteira sempre vai ter uma casa de câmbio, mas com certeza o valor vai ser mais alto do que na capital. De qualquer maneira é ótimo, pois em alguma emergência você não vai ficar sem moeda local. Depois de alguns quilômetros há também um posto de gasolina, eu mesma perguntei pois estava quase na reserva!
Bora seguir viagem, agora em terras chilenas! Enquanto na Argentina estávamos na RUTA 7, no Chile seguimos pela RUTA 60.
Só muda o nome mesmo.

 

 

Estava eu apreciando a paisagem até que avistei um azul de encher os olhos! Paramos na hora e quando desci do carro quase caí de costas! Era a Laguna del Inca! Juro que nunca tinha ouvido falar e nem fazia ideia de que estava no caminho que estávamos fazendo! Imagina se eu não tivesse visto!?

 

 

 

A Laguna fica atrás do Hotel Portillo e não tinha absolutamente ninguém no local. Fiquei lá boquiaberta curtindo aquele azul indescritível! Foi inesquecível.

 

 

De volta à estrada, seguimos ansiosos para chegar até a Estrada de Los Caracoles. São 40 km de curvas fechadas e sem nenhuma proteção. Mas fique tranquilo pois não é nada perigoso, é só seguir com atenção. No inverno e com neve o trecho com certeza pede mais atenção. Houve mais uma parada e muitas fotos!

 

 

Depois que terminamos de descer Los Caracoles, seguimos até chegar à capital do Chile. Dica: Quando chegar a Santiago guarde seu carro na garagem e só tire quando for embora. É bem difícil dirigir dentro da gigante capital, o trânsito é um caos e os chilenos não tem paciência (risos). 

 

 

 

Como se organizar para a viagem:
No meu caso eu saí do Brasil de carro e passei 30 dias na estrada. Mas se você tem menos tempo, pode pegar um voo até Mendoza e alugar um carro para fazer o trajeto.

É aqui que eu entro pra te ajudar, além de informações, você consegue também os melhores preços. Primeiro pesquise seu voo aqui e depois de ter as datas definidas providencie aqui um seguro para viajar tranquilo. Use o cupom VIAJE24H e ganhe desconto. Lembrando que o SOAPEX é um seguro apenas automotivo. 
O blog  também tem parceria com o rentcars.com. Aqui você pode alugar um carro e não tem o compromisso de devolver no mesmo local. Ideal para este tipo de viagem. Por último e não menos importante, é sempre importante viajar conectado para qualquer tipo de emergência. Aqui você pode comprar um chip para viagem com preço justo.

Através dos links acima disponíveis você pode pesquisar qual opção é a mais adequada ao seu perfil.

Bom, agora que você já sabe tudo sobre como atravessar a Cordilheira dos Andes de carro, eu deixo aqui um vídeo lindo que fiz durante o trajeto! Inclusive é um dos meus preferidos do canal do Youtube aqui do blog.

Assiste e se gostar aproveita para se inscrever o canal!

 

 

 

 

Please reload