Brasov, Transilvânia (Romênia 01)


Quando fui a Romênia visitei duas cidades, Brasov e a capital Bucareste. Antes de começar a viagem eu já tinha pesquisado que Brasov era o destino certo pra quem quer conhecer o “Castelo do Drácula”!

Saímos de Budapeste ás 19h de trem e chegamos ao início da manhã. Brasov é uma cidade com mais de 700 mil habitantes, mas com jeito de cidade pequena. A Praça do Conselho é onde se concentram os restaurantes e hotéis e por isso nos hospedamos ali.

Havia muitas tendas com comidas, doces e artesanato local. Como era janeiro, até a árvore de Natal ainda estava montada. Comi vários doces e também almocei num restaurante para experimentar a comida típica de lá.



E adivinha só! Polenta é um dos pratos mais comuns! Eu realmente não sabia e fiquei surpresa. Como sou do sul de Santa Catarina, aqui a polenta também é muito comum devido à colonização italiana.

Foi então que descobri que Romênia significa “cidadão de Roma” e que antigamente era uma província do Império Romano! Agora ficou tudo explicado! Pois quando a gente ouve os romenos falarem, o sotaque e a entonação são totalmente iguais aos italianos. Só que numa língua muito mais difícil de entender. Foi assim que comecei a me encantar pela Romênia, a minha completa ignorância sobre o país me fez surpreender inúmeras vezes durante a viagem!

Nos arredores da praça fica a famosa e imponente Igreja Negra. A Igreja, que é luterana, foi construída no estilo gótico e é uma das mais importantes da região. A melhor maneira de fotografar a Igreja Negra é subir num dos vários mirantes da cidade. Eu fui até a “Black Tower”ou “Turnul Negru”. O acesso se dá somente a pé. A vista tanto da igreja quanto da cidade é privilegiada!


Na Praça do Conselho também está o Museu de História. Infelizmente não entramos nem no museu e nem na Igreja, pois era segunda-feira e estava tudo fechado.

Recebi também a dica de conhecer a rua mais estreita da Europa. A Strada Sforii possui largura de 1,10m a 1,30m aproximadamente. Depois de pesquisar melhor, andei lendo que talvez seja a segunda ou terceira. Eu fiquei em dúvida, mas lá na Romênia eles falam que a Strada Sforii é a mais estreita! Se olhar pra cima dá pra ver o letreiro de Brasov.

Caminhamos também até os portões da entrada cidade. O portão era parte da antiga muralha que protegia a cidade de invasões inimigas. Indo mais além, nós observamos com calma o dia a dia das pessoas e cotidiano da cidade.

Neste mesmo dia compramos os ingressos para visitar o “Castelo do Drácula”. Achamos uma agência de turismo do lado da praça principal. Não teve erro. No dia seguinte fomos visitar o Castelo. Veja como foi aqui!


Dicas de hospedagem em Brasov? Acesse o Booking.com por aqui!

Eu cheguei até Brasov de trem. Se você quer saber como andar de trem pela Europa de forma segura, clique aqui. Eu uso o Eurail Pass. São diversos tipos de passes e você escolhe qual se encaixa melhor em sua viagem.

E não esqueçam que na Europa o seguro viagem é obrigatório. É por isso que o Viaje24h tem parceria com a SegurosPromo. Você vai achar seu seguro ideal clicando aqui.

Se você usar os atalhos disponibilizados aqui no site do Viaje24h, nós recebemos comissões e com elas divulgamos e impulsionamos o blog para crescer. Então se você gostou do conteúdo, use nossos atalhos!