• Cintia Caciatori

Punta Tombo: o lugar mais incrível para ver pinguins na Patagônia

Se você pensa que Ushuaia é o melhor lugar da Patagônia para ver pinguins está enganado. Punta Tombo é a maior colônia de pinguins de Magalhães da Argentina.



Primeiro entenda onde fica Punta Tombo, saiba como chegar e onde se hospedar:


Conhecemos Punta Tombo em nosso terceiro dia da Expedição Ushuaia. Saímos de Buenos Aires e começamos a descida pela Ruta 3. As cidades mais próximas para se hospedar são Puerto Madryn e Trelew, na Província de Chubut. Isso porque Punta Tombo é uma Reserva Natural, onde não há qualquer tipo de hospedagem e não é permitido acampar ou mesmo dormir em veículos como motorhome.

Saímos cedinho de Puerto Madryn e rodamos 120 km pela Ruta 3 até chegar na RP75. Seguimos por mais 62km pela estrada de “ripio”, que são as estradas sem pavimentação, até chegar a Punta Tombo.

Punta Tombo fica a 1476km ao sul de Buenos Aires e 1720km ao norte de Ushuaia.


Punta Tombo: o lugar mais incrível para ver pinguins na Patagônia

Como funciona a visita:


Punta Tombo trata-se de uma península, onde foi criada uma reserva em 1979 com objetivo de proteger a maior colônia de pinguins de Magalhães do mundo.

A reserva possui uma estrutura incrível, tanto para adultos quanto para crianças. Na primeira etapa do passeio, passamos pela bilheteria para comprar os tickets.

O valor para estrangeiros maiores de idade é de 1300 pesos argentinos (R$40). Veja na foto a seguir:

No complexo há um restaurante, banheiros e um museu incrível. Nele pode-se aprender tudo sobre a colônia pinguinera e outros animais da região, como os lindos guanacos, aves e raposas, leões marinhos entre outros.




Tudo é muito didático e colorido, perfeito para crianças, principalmente. Depois de conhecer tudo com calma, voltamos para o carro e seguimos até a segunda parte do passeio: a caminhada com os pinguins.

Punta Tombo: o lugar mais incrível para ver pinguins na Patagônia

Assim que chegamos, um funcionário da reserva pegou nossos tickets e explicou como devemos nos comportar diante dos pinguins. A regra básica é nunca tocá-los.

Há um deck de madeira bem acessível para todos. O trecho é de 1,5km até chegar próximo ao mar. E logo nos primeiros passos já avistamos um pinguim simpático.

Como eu nunca tinha visto na minha vida, fiquei emocionada! Mal sabia que veria muito, mas muito mais durante o passeio.





Dica de ouro

Todos os anos, a partir de agosto, chega entre 400 e 500 mil pinguins na reserva. No período de setembro a novembro fazem seus ninhos e colocam os ovos.

Já entre dezembro e fevereiro ocorrem os nascimentos. Como fui no mês de janeiro, durante a caminhada vimos muitos ninhos com filhotes. Já os adultos estavam sempre na frente fazendo a guarda, muitas vezes parados como uma estátua. Pareciam até que estavam fazendo pose, mas estavam cuidando de seus filhotes.



Agora vem a dica de ouro: se você for entre os meses de dezembro e fevereiro, comece o passeio por volta das 9h da manhã, pois é o horário que os pinguins começam a acordar.

Desta forma, conseguimos ver toda a rotina deles. Desde de sair do ninho, fazer o trajeto até o mar para pescar e alimentar seus filhotes.

Quando eles começam a se dirigir ao mar, a cena fica incrível! Todos juntinhos, andando daquele jeito super fofo e engraçado. Foi demais! Nós só conseguimos presenciar tudo isso porque fomos na hora certa. Assista como eles andam aqui:


Punta Tombo: o lugar mais incrível para ver pinguins na Patagônia

Toda a caminhada foi tão legal que a gente nem sente fisicamente os mais de 3km. Os pinguins, literalmente, caminham com a gente. Quando chegamos próximo ao mar, ficamos observando como eles se comportam e como pescam.

A vida deles é bem trabalhosa. Só para chegar ao mar, andam aproximadamente 2 km. Passam por pedras, muitos escorregam têm bastante dificuldade.

Quando chegam na praia, parece até que fazem uma reunião. Alguns se juntam e emitem muitos sons. Fiquei impressionada com a altura da “conversa”.

Depois disso, enfim vão pescar seu alimento e de seus filhotes.



Conhecer Punta Tombo com certeza foi um dos pontos altos da Expedição Ushuaia do Viaje24h. Eu fiz um vídeo e mostrei todos os detalhes de Punta Tombo:



No canal do Viaje24h tem muitos vídeos sobre a Expedição Ushuaia com dicas e experiências vividas. Espero que gostem:


Punta Tombo: o lugar mais incrível para ver pinguins na Patagônia