Como fazer trilha no costão da Serra do Rio do Rastro



A famosa Serra do Rio do Rastro é considerada uma das estradas mais incríveis do mundo. Para minha sorte, este espetáculo da natureza está localizado em Lauro Müller, minha cidade natal e onde moro atualmente. Fica no estado de Santa Catarina, a 200 km da capital Florianópolis. Possui 12 km e 1470 metros de altitude. Veja aqui opções de aluguel de carro para chegar.

Como estamos vivendo um momento nunca vivido antes, onde viagens e aglomerações estão fora de cogitação, o turismo doméstico, turismo de aventura e o ecoturismo são as melhores opções para retomada de nossas atividades.

Fazer o trajeto da serra de carro, bicicleta ou até mesmo a pé para os mais resistentes é uma experiência incrível. Gostou? Então aqui tem um vídeo pra deixar você com vontade de vir!



Depois de subir a serra, há muitos outros lugares que você pode visitar, começando pelo incrível mirante. Outras atrações a alguns metros são o Cânion da Ronda e o Parque Eólico. Bem próximo também está a Cascata da Barrinha. Veja em detalhes neste vídeo como chegar:



Eu fiz um guia completo de tudo o que você precisa saber para visitar a Serra do Rio do Rastro aqui:

Serra do Rio do Rastro: O guia definitivo de uma das estradas mais espetaculares do mundo!

Mas é claro que a serra não é só isso! Toda região oferece diversos programas de trekking, trilhas de aventura, acampamentos e cabanas em meio a natureza. Lauro Müller, por exemplo, já possui ótimas opções de hospedagem rústica no costão da serra e com uma vista incrível para contemplar!


A trilha

Fizemos a trilha das 7 quedas, que fica no costão da Serra, no bairro Km12, em Lauro Muller. O local chama-se Estância Pé da Serra, um lugar lindo de ser ver! Lá é possível, além de fazer trilhas, acampar ou pernoitar em cabanas. Sem falar nesse carinha super gente boa:





São 4 quilômetros no total e leva aproximadamente 3 horas para conclusão. Eu como não costumo fazer trilha, achei um pouco difícil em alguns trechos, pois é necessário subir e descer usando cordas, além de passar por alguns galhos bem fechados.



Fora isso, tudo tranquilo. Não precisa ter uma grande resistência física para concluí-la. Eu fiz um vídeo com todos os detalhes para você mesmo analisar (e rir um pouco) se consegue ou não fazê-la. Já aviso que as paisagens são incríveis! Aproveito para convidar a todos para se inscrever no canal e curtir outros vídeos de lugares mundo afora!



Talvez você também se interesse

Siga viagem até Urubici (83 km do mirante) e conheça a Serra do Corvo Branco, outro grande espetáculo da natureza! Possui bem menos infraestrutura e a maioria dos trechos são de terra. É bom checar com antecedência a previsão do tempo. Devido aos deslizamentos, sugiro fazer numa época de tempo firme e que não tenha chovido nos últimos dias. Você pode visitar as duas serras no mesmo dia. Eu fiz e mostrei tudo neste vídeo:



Deixo aqui outras sugestões de destinos ligados à natureza no Brasil de amigas blogueiras que sigo:


Vamos viajar pra onde agora - 10 destinos de natureza no Brasil

Dica das twins - Trilhas no interior de São Paulo e Minas Gerais

Lugares de Memória - Jardim Botânico do Rio: um guardião da diversidade vegetal

Sentidos do Viajar - 5 Destinos naturais no Brasil

Viaje com Norma - Fervedouros do Jalapão – Quais são os melhores e onde ficam

3 Gerações e 1 Mala - A natureza de Canela vista pelos bondinhos aéreos do Parques da Serra