Transporte público em Cuba: como viajar entre as principais cidades e locomover-se dentro delas

Minha viagem a Cuba foi programada para começar em Havana e depois ir até Varadero e Trinidad. Como Cuba é uma ilha, cheguei de avião na capital e logo tratei de me informar e deixar tudo agendando para os dias seguintes.


Havana

Antes de chegar nós já sabíamos que usar ônibus de linha era difícil. Mesmo assim tentamos usar quando saímos do aeroporto, mas fomos desencorajados. Algumas pessoas falavam que não existia, outras diziam que tinha, porém com horários bem limitados. Sem muito conhecimento, acabamos pegando um táxi. O valor foi 25 CUCs, que equivale a U$25.

Sim, o táxi é uma fortuna e a gente fica totalmente refém deles. Existem os táxis do governo amarelos, mas também há muitos carros comuns que trabalham como táxi. Inclusive foi num carro comum que fizemos o trajeto do aeroporto até Havana Vieja, onde ficamos hospedados. Aqui tem um vídeo dos primeiros momentos, eu adoro assisti-lo, pois sempre que chego ao meu destino de férias fico empolgada e encantada com tudo!


Depois fomos saber que o governo pede para os turistas não usarem esse tipo de condução e somente os que são cadastrados por ele. Existem também os “colectivos”, que são os carros que servem de condução para os locais, inclusive eles só usam colectivos e ônibus, os táxis estão fora de cogitação. Enquanto o trecho de táxi custa de 15 a 20 CUCs, nos colectivos o valor custa 1 ou 2 CUCs”.

Quando estava acompanhada de uma amiga cubana, consegui usar e pagar o valor baixinho, mas fora isso eles sempre cobram mais caro para os turistas. De qualquer maneira ainda fica mais barato que os táxis comuns.

Os carros coloridos estilosos e conversíveis também são táxi. Pra quem quiser sentir o glamour de andar neles, o valor é de 40 a 50 CUCs a hora. Eles fazem um tour por alguns lugares e explicam alguns pontos. Não tive coragem de pagar!

Depois observamos que existem muitos ônibus sim, mas não vi nenhum turista utilizando. Os horários são muito limitados e, por conta disso, estão sempre muito cheios! Penso que uma mala ou mochila grande seria impossível de levar. Ficar dependendo deles atrasaria demais a gente.

Qual outra opção? Para salvar, têm os ônibus turísticos hop on hop off. Salva mesmo! O custo são 10CUCs (U$10) pra rodar a cidade o dia todo, equivalente ao valor de apenas 1 trecho de táxi. Funciona das 9h às 18h. Veja aqui um vídeo do meu tour por Havana de bus:


A noite não tem jeito mesmo. Só táxi. Fomos na FAC e gastamos 35CUCs saindo de Havana Vieja. No total foram 70 dólares só de táxi pra sair a noite, mas confesso que valeu cada segundo. Você já ouviu falar na Fábrica de Arte Cubano? Pra mim é o lugar mais legal de Havana:


Como andar de ônibus entre as principais cidades de Cuba:

Ainda em Havana recebi a dica de que as passagens precisam ser compradas com pelo menos um dia de antecedência.

Pra comprar a passagem é trabalhoso, até porque a rodoviária não é na parte central da cidade. De Havana Vieja, ou você paga 15 CUCs (U$15) para ir até a rodoviária de táxi, ou caminha uns 40 minutos. Caminhei! Tanto pra economizar, mas também por prazer. Eu gosto de caminhar (só quando viajo, risos), porque consigo ver tudo com calma.

Na rodoviária a fila é de pelo menos 1 hora. A Empresa se chama Vía Azul e os valores das passagens são justos. Por exemplo, de Havana até Varadero custa aproximadamente R$ 30,00 (trinta reais).

Para facilitar, deixei comprado todos os trajetos que fiz na viagem. No ato da compra recebi um documento que precisei apresentar no check in.

Sim, precisa fazer check in e chegar na rodoviária no mínimo uma hora antes. Agora pasmem, se chegar menos de 30 minutos antes da partida, perde a passagem! No check in é preciso apresentar o documento que foi recebido no dia da compra e assim é emitido a passagem. Tudo a mão e bem devagar.

Com a passagem na mão, é preciso despachar a bagagem. É permitido 20kg por pessoa. Se passar, paga uma taxa extra. Pelo que vi na tabela é um valor simbólico. A bagagem é etiquetada e fica ali mesmo. Eles que colocam no ônibus.

Feito isso, seguimos para o ônibus, que é bem simples e não tem assento marcado. Então, se quiser sentar ao lado de alguém como foi meu caso, tem que chegar cedo mesmo. Fiz uma viagem que houve overbooking com outra pessoa e foi uma confusão. Não era permitido usar os banheiros dos ônibus. Confere o vídeo das minhas viagens pelo interior de Cuba:



Varadero

Varadero foi diferente em alguns aspectos, a bagagem não foi pesada, somente etiquetada. A gente mesmo que levou até o ônibus. O restante tudo igual.

Na rodoviária os taxistas nos falaram que qualquer trecho dentro da cidade custa 5 CUCs. Foi a única vez que usamos, pois chegamos muito cansados e não queríamos carregar mochilas pesadas. Acabou que era super perto, uns 400m. Pra circular dentro de Varadero há táxis e coco táxis, mas melhor pedida é pegar o ônibus turístico. Em 2h ele dá uma volta por toda cidade, passando inclusive, pelos resorts. Muitas pessoas que estão hospedadas neles usam também este meio de transporte para ir até o centrinho, onde fiquei hospedada. A cidade é pequena e a maior atração é a praia mesmo.



Trinidad A rodoviária é bem no centro. As ruas são estreitas e de pedra. Há também táxis e triciclos e muitos cavalos com carroças, mas dá pra fazer tudo a pé. Um passeio imperdível é ir até a praia Ancón, que é afastada do centro histórico. Neste caso pegue o ônibus hop on hop off. Ele só faz o trecho de Trinidad até a praia mesmo. 3 horários de ida e 3 de volta. Custa 5 CUCs ida e volta. Olha como é linda a praia Ancón:



No dia de ir embora, tivemos que despachar a bagagem como em Havana. Eles pedem para chegar com 1h de antecedência, mas o check-in começou menos de meia hora antes. Achei estranho, porque em Havana fomos avisamos que se chegar com menos de meia hora da partida, a passagem perde a validade. Vai entender, mas no final o ônibus saiu na hora. Realidade Rodoviárias sujas. Banheiro tem que pagar, sempre! Quando cheguei a Trinidad fui correndo para o banheiro, pois eu estava quase fazendo xixi na calça (risos). Na pressa, nem vi que tinha uma mulher cobrando. Ela foi atrás de mim dentro do banheiro. Pedi que me deixasse ao menos fazer xixi antes! Ela ficou brava e eu também! Detalhe: banheiro com a porta quebrada e sem água. Durante a viagem o motorista para em alguns lugares pra fazer lanche e mesmo em restaurantes em que a gente consumia, era preciso pagar pelo banheiro! Eles pedem gorjeta pra tudo e isso pode ser incômodo pra quem não está acostumado. O cara que carrega a bagagem também pede. Da pra perceber que ficam meio bravos se a gente não dá, mas nem sempre tinha trocado ou moedas.


Não posso deixar de falar em Seguro Viagem

Quem tem juízo não viaja sem seguro viagem! Pensa no transtorno que pode dar se algo acontecer? Sem falar nas despesas no exterior que são exorbitantes. Se você morre economizando como eu pra poder viajar, diante de um imprevisto tem tudo pra voltar falido!Depois de muitas experiências boas, firmei parceria com a Seguros Promo. É o melhor site pra achar o seguro ideal com o melhor custo benefício. Se você nunca comprou e está inseguro, aqui tem o guia definitivo sobre como funciona tudinho. Sem falar que o site tem todo o aparato pra você comprar sem medo de errar. Fique tranquilo.

Para finalizar, se você procura por promoções, aqui você encontra melhores preços de passagens Aéreas para Cuba.


Procura por mais inspiração para visitar Cuba? Então acompanha o canal do Youtube do Viaje24h. Você vai encontrar muito mais sobre Cuba e o mundo! Inscreva-se: