Cidade do Panamá: 12 lugares imperdíveis para visitar, onde comer, onde se hospedar e dicas de plane



Para quem sai do Brasil, a Cidade do Panamá é conexão obrigatória na maioria dos destinos da América Central. Por este motivo, muita gente faz stopover e aproveita os longos intervalos entre um voo e outro. A Copa Airlines reagenda as passagens sem custo adicional, incentivando os seus clientes a visitarem o país. Logo, muitas pessoas conhecem a Cidade do Panamá de forma rápida, priorizando algum lugar específico da cidade para visitar.

Bom, este não foi meu caso e pude conhecer tudo com calma. A capital me surpreendeu, jeito de cidade grande e ao mesmo tempo jeito de cidade pequena. Dá pra entender? É bem difícil explicar a sensação. Vou listar aqui os lugares que visitei e acho que vocês vão entender melhor o que estou tentando dizer.

Os passeios vão de ruas tranquilas e espaços arborizados, até avenidas movimentadas com prédios modernos e shoppings:


1 – El Cangrejo

Vou começar pelo Bairro El Cangrejo, pois foi onde fiquei hospedada. Achei a localização ótima, um bairro tranquilo e ao mesmo tempo com muitas opções de bares, restaurantes e hotéis! Caminhar pelo bairro é um passeio muito agradável. Já foi considerado o bairro mais nobre da Cidade do Panamá, hoje é o bairro mais boêmio. Por incrível que pareça, sem perder a tranquilidade!

Fiquei hospedada no Hostal entre 2 Águas, a diária foi em média U$33 por casal em quarto com banheiro privativo. Há muitos outros hotéis próximos, do mais simples ao mais luxuoso. Veja mais opções aqui.


2 - Vía Argentina

A Vía Argentina, fica no bairro El Cangrejo e foi o primeiro lugar que visitei. É considerada o point dos bares e restaurantes. São muuuuitas opções! Achei a região perfeita para ficar hospedada, pois consegui fazer tudo a pé. Muitos pubs tradicionais da cidade estavam bem pertinho de mim. Veja então algumas boas opções para comer e beber:

Murphy´s California Kitchen Pub

O primeiro lugar que parei pra tomar um chopp foi o Murphy´s California Kitchen Pub. Pelo nome já deu de perceber que não é nada típico do Panamá. Porém, o chopp é ótimo e o hambúrguer também. O atendimento também foi bom.


Rana Dorada

É uma cervejaria bem tradicional da Cidade do Panamá. O pub é muito confortável, com mesas na parte externa e interna. Eu particularmente prefiro ficar sempre do lado de fora, mas teve uma tarde que tivemos que entrar, pois o calor era simplesmente insuportável! Acho que fui umas três ou quatro vezes, de tanto que gostei.

Na primeira vez, o pub oferece uma provinha de todos os tipos de cerveja antes de fazer o pedido. Gostamos de todas! Atendimento e aperitivos também aprovados.


El Trapiche

O original restaurante de comida típica panamenha. Eu sempre gosto de ir em pelo menos um bar ou restaurante de comida típica dos lugares onde estou. Não dá pra conhecer lugares novos e não experimentar a comida! Este então fica como a “visita obrigatória” da lista!



Churrería Manolo

Eu amoooo churros, e na Vía Argentina há um restaurante de churros, acreditam?

Serve outros pratos também, mas a especialidade é churros. Então, claro que tive que comer. Na verdade, eu ia depois de comer em outro lugar, era minha sobremesa! Saia rolando.


Rincón Habanero

Bar cubano de drinks. Meu favorito é o mojito, e como um bom bar cubano o mojito é ótimo. Sem falar que é um dos lugares mais baratos que conheci.

Verdades difíceis de engolir: O Panamá é caríssimo! Sinceramente eu não sabia que era tanto. Então prepare bem seu bolso!


3 – Parque Andrés Bello

Estava eu caminhando pela Vía Argentina até que encontrei o Parque Andrés Bello. Como fui no início de janeiro, ainda estava todo decorado com enfeites de Natal. Mas o que mais me agradou foram as redes de deitar espalhadas pelo parque. Muitas pessoas estavam deitadas, relaxando, lendo, ou esperando passar o tempo para algum compromisso. A ideia é muito boa!

Há também uma quadra de basquete sempre cheia de gente jogando. Todos os dias eu caminhava um pouquinho pelo parque, entre minhas idas e vindas dos pubs e restaurantes!



4 - Canal do Panamá

Um dos passeios principais com certeza é ir ao Canal do Panamá, uma obra importantíssima para o comércio marítimo.

Na visita podemos assistir a travessia dos navios, conhecer a história da construção e aprender como funciona o canal. Tem até cinema com filmes inspirados no canal.

Fiz uma postagem especial para explicar como fazer a visita gastando pouco. Tem vídeo também:



5 - Casco Antíguo

Casco Antíguo é o centro histórico da Cidade do Panamá e um dos lugares mais legais que visitei na capital.


Como chegar:

Para chegar a forma mais econômica e pegar um ônibus ou metrô até a Estação 5 de Mayo e depois fazer uma caminhada de 15 minutos pela Avenida Central até chegar no coração de Casco Antíguo. Veja o mapa:


Eu particularmente adorei caminhar pela Avenida Central, ver como funciona o comércio e o dia a dia dos moradores locais, já que não é um local turístico.


Não há ônibus ou metrô que chega até Casco, pra ir direto só de carro mesmo.

O bairro, além de histórico é também boêmio, cheio de restaurantes e bares. Pelo que percebi são mais refinados e hotéis a maioria de luxo. Muitas igrejas, claro. Com destaque para a Catedral Metropolita com a bonita Praça da Independência bem em frente.


O Palácio Nacional fica em frente ao mar, tudo muito limpo e organizado. O mais incrível é que, além de ser um bairro bonito e organizado, possui uma vista FANTÁSTICA da parte nova da cidade. A dica é caminhar pelo Paseo Las Bóvedas, que contorna uma boa parte do centro histórico com uma linda vista para o mar. Ótimo lugar para tirar boas fotos, curtir a vista e as diversas tendas de artesanatos.



Confesso que no dia que visitei, o calor era terrível. Eu andava apreciando a paisagem, mas quase desmaiando (risos). Até que chegou uma parte coberta com flores que fez uma sombra bem agradável e bonita! Ufa!

Para finalizar a visita sentamos no restaurante Finca del Mar. O lugar é ótimo, com uma área externa bem arejada e estilosa. Pena que os drinks são ruins.


Fiz um vídeo especial sobre Casco Antíguo, vale a pena assistir:


Os próximos tópicos, 6,7,8 e 9 servem de roteiro para fazer caminhando pela cidade.


6 - Vía España

A Vía España corta vários bairros da Cidade do Panamá, é cheia de lojas, restaurantes e hotéis, mas não chega a ser tão turística. Sinceramente é uma avenida suntuosa, mas com nada de muito extraordinário para ver. Porém, como gostamos de caminhar, num domingo de manhã, saímos meio sem rumos, mas com objetivo final de chegar até a Cinta Costanera (orla). Valeu a pena!

6- Avenida Samuel Lewis.

Saímos da Vía Espanha e seguimos na Avenida Samuel Lewis. Esta sim foi uma avenida linda para caminhar com calma! Sabe aqueles prédios espelhados que sempre vimos nas fotos da Cidade do Panamá? Muitos deles estão nesta avenida.

Prédios novos e espelhados de grandes corporações. Restaurantes chiques, tudo limpo e organizado. Isso realmente foi surpreendente, pois no geral o Panamá tem grande problema com lixo. Na verdade foi o país que vi mais lixo de todos que visitei até hoje, perdendo para o Cairo, no Egito. Eu expliquei tudo aqui. Importante leitura pra quem for visitar o país.

Posso dizer que a Samuel Lewis é o vale do silício da Cidade do Panamá. O mais legal é que entre os prédios imponentes há vários mercadinhos chineses. Paramos pra comprar uma água e vimos um monte de crianças fazemos as tarefas de casa em mandarim! Achei muito fofo. Esses mercadinhos estão em várias partes da cidade. Há muitos imigrantes chineses na cidade.



7 – Soho City Center

Saímos da Samuel Lewis e pegamos uma rua perpendicular sentido a Cinta Costanera. Até que encontramos o Soho City Center. Como estava muito quente e estávamos caminhando há mais de uma hora, resolvemos entrar pra dar uma refrescada no ar condicionado. Só por isso mesmo, pois particularmente não suporto ficar batendo perna em shopping.

Quando entrei e comecei a olhar as lojas, percebi que o lugar é só de loja de alto luxo como Valentino, Louis Vuitton, Carolina Herrera, Chanel, Rolex e por aí vai. Eu dei uma voltinha e tratei logo de ir embora. Definitivamente não é pro meu bico.

Mas fica a dica para os mais abastados financeiramente. O lugar é lindo.


8 – Megapolis Outlet e Hotel Hard Rock.

Saímos do Soho City Center e continuamos nossa andança até chegar ao Hotel Hard Rock. O hotel tem um rooftop pra contemplar uma vista panorâmica da cidade. Como era cedo, não pegamos aberto, pois só funciona a partir das 18h.

Já o Megapolis é um shopping integrado ao Hotel Hard Rock, onde há também o Hard Rock Café. Entramos para almoçar e ficar mais um pouquinho nos refrescando no ar condicionado. Pensa num calor! Sinceramente não tem nada demais! Mas é uma boa opção pra quem quer comprar coisa barata.

Neste tópico, o que seria mais legal de fazer seria ver a vista panorâmica da cidade, que infelizmente não fizemos, o restante acho que poderia ficar sem. Mas como sei que tem muita gente que gosta do restaurante Hard Rock e de fazer comprinhas com preços acessíveis, não poderia deixar de citar!


9 - Plaza de La Democracia e Parque Mirador Paitilla

Finalmente saímos do Megapolis rumo ao nosso destino final, a Cinta Costanera, que inclusive já estava bem próxima. Caminhamos mais uns dez minutos no máximo e chegamos ao Mirador Paitilla, na Plaza de La Democracia.

Hora de descansar e curtir o visual! A vista é fantástica!


Feito isso, retornamos para o Hostel. Neste dia baixei um aplicativo para ver quantos quilômetros iríamos andar. Foram 10,6 km. Depois de andar tudo isso, embaixo de um sol escaldante, eu não prestei mais pra nada! Só no dia seguinte! Risos.


10 – Conhecer a casa do lutador de box Roberto Durán

Já ouviram falar? Pois é, eu só conheci depois de chegar na cidade.

Quando a recepcionista do hostel foi passar algumas dicas da cidade, comentou que bem pertinho ficava a casa do Roberto Durán. Ela até tem um par de luvas autografadas numa estante. Roberto Durán é conhecido como “Mano de Piedra” e é considerado um dos 5 maiores lutadores dos últimos 80 anos. Tem até filme sobre ele, inclusive com Robert de Niro.

Eu passava todo dia pela frente de sua casa. Estátuas e carros esportivos, um gosto excêntrico diga-se de passagem. Não tem muro e fica bem visível pra quem passa na rua.


11 - Panama Viejo

Cuidado para não confundir com o centro histórico Casco Antíguo, que também é chamado de Casco Viejo.

Panama Viejo corresponde a região onde ficam as ruínas da antiga Cidade do Panamá. Foi fundada por espanhóis no século XVI e desenvolveu-se consideravelmente por conta de sua localização e importância marítima. Seu desfecho foi um século depois, após um ataque pirata, onde foi completamente destruída. Hoje o complexo é Patrimônio Mundial da Unesco e conta com o Museu de La Plaza Mayor. Entrada custa U$20.



12 – Park truck em El Cangrejo – pra comer barato!

A última dica e não menos importante! Especialmente pra quem quer economizar de verdade. Este é “podrão” do bairro El Cangrejo, no bom sentido, é claro!

O park truck nem nome tinha ainda, pois parecia recém-inaugurado. Os preços são ótimos, muitos lanches abaixo de 5 dólares. Comi algumas vezes e foi bem bom pra barriga e pro bolso! Encontrei comida típica panamenha e também venezuelana. Adoro arepas! Do lado há outro restaurante que chama Jap Jap Cangrejo, fica aberto praticamente direto e o preço é bem abaixo também!

Ainda ficou curioso sobre os lugares? Então aqui vai mais um vídeo das nossas andanças pela Cidade do Panamá:

Dicas de planejamento:

Documentação

Além do passaporte, Panamá exige certificado internacional de vacinação contra febre amarela, então não esqueça de levar com você.


Seguro Viagem

Quem tem juízo não viaja sem seguro viagem! Pensa no transtorno que pode dar se algo acontecer? Sem falar nas despesas no exterior que são exorbitantes. Se você morre economizando como eu pra poder viajar, diante de um imprevisto tem tudo pra voltar falido!

Depois de muitas experiências boas, firmei parceria com a Seguros Promo. É o melhor site pra achar o seguro ideal com o melhor custo benefício. Se você nunca comprou e está inseguro, aqui tem o guia definitivo sobre como funciona tudinho. Sem falar que o site tem todo o aparato pra você comprar sem medo de errar. Fique tranquilo.


Leia também:

Como sair do aeroporto da Cidade do Panamá e chegar ao centro da cidade utilizando transporte público

Como utilizar transporte público na Cidade do Panamá e economizar muito na viagem!

5 coisas desagradáveis que você precisa saber antes de viajar ao panamá

Como visitar o Canal do Panamá gastando pouco